domingo, 1 de maio de 2011

Quietude


Observo cada gesto,
cada dor, tentando entender as atitudes e 
pensamentos insensatos. O silêncio
e uma dor profunda , não se houve
a própria mente te chamar , não me consertar
não estou quebrada .
Perdi o controle sobre mim .
Na quietude da noite...

Nenhum comentário:

Postar um comentário