sábado, 4 de junho de 2011

Rendas&Roupas







                                                                                                  










domingo, 15 de maio de 2011

marca d'agua


Poder ao alcance de todos,
nas mãos dos fracos.
Marcas d'agua na lua.
no olhar .
Resista, o qeu eu faço não
é para mim;
''O QUE ELA SENTE NÃO É AMOR''
A arte simbólica tomando gosto
pela simbolização . Orquestra de sinos.
Sem impulso a questionar sondos paralizados,
hemorragia.
Um beijo de uma gueisha.

Meia Vida


Ouço meu espírito zurrar.
Sempre que penso em você,
prego no meu rosto um sorriso no 
canto da boca.
Digoa verdade não há verdade...
Um carrasco incomodo, crêr não é
querer, é ser, acreditar.
Incrédulo,
Realidade valorizada a céu aberto.
Não quero viver em vão.
Sou minoria, vou continuar sendo minoria.
Pintando a meia vida , procurando
a noite, o nascer do sol.
Comum de 1(meio 2)
Anjos voltados no mar 
Nem todas as regras são para ser
seguidas.


sábado, 14 de maio de 2011

Que coiisa feia!
to chorando até agora!
mas mesmo assim,
''To sem freio, to sem freio é o bonde
do MENGÃO sem freeeeeeeeeeeio''!

terça-feira, 10 de maio de 2011

Wheight the World

Atrás de um sorriso , pode
não estar apenas um carisma ,
pode estar um desleicho, um declínio
uma lágrima.
Perdas nos preparam para a vida, 
aprendemos que nem tudo é de cordialidades
eufóricas.
Assim sejamos dignos das promessas da luz.

Proibitorum


Passos flamejantes.
Cansados de caminhar pelo lado
contrário .Promessas voando ao
vento , como folhas soltas...
sôpro fora do comum.
Não chove mais em mim , falas
convíctas, me convide para um dança
com um eco celestial...
Olhar grave,
Boca marcante,
Pele suave
Cabelo extravagante,
Sorriso irônico.
Para se alegrar não tem data marcada,
tem tempo marcado em frases,
em versos brancos,
lacunas recentes;
acima de tudo.
(tomar sua dor)

Flames


Isolar os pensamentos , vidas
não tem roteiro .
Se manipulando cada vez mais .
A revolta se expande por completo,
a revida te vigia 24 horas.
De emoção em emoção , os olhos
desmoronam e o coração não aguenta, 
respeite...
meus limites selados pela s máguas
trancafiado pela honrra.
Algemado , discaradamente pelo perigo...
Nossos sonhos dão-se as mãos .
Até o nascer do sol .
Antes o silêncio é apenas uma neblina,
hoje é a solução das omissões ...